terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Where did all the good men go?


Eu não sei... Já lá não ando vai para uma eternidade.
Não sei o que se passou. Se um raio fulminante que os atingiu durante o sono, se uma experiência extra-terrena, se algum químico na rede pública de água. Eu não sei!
O que eu sei... É que já não há gajos como os de antigamente! Ou deram em paneleiros (quando digo paneleiros, não é homossexuais) ou em machões, venha o diabo e escolha. O que aconteceu ao bom e velho meio-termo? Ao bom e velho cavalheiro?
Desde há uns anos a esta parte, tenho vindo a presenciar um fenómeno que vem acontecendo a algumas amigas que ainda estão no "mercado". As barbáries sucedem-se. As merdas que assisto por parte dos maganos não lembram ao diabo.
Como é que pode? Como é que vocês deixam?
Parece que os papéis ao longo dos anos se têm vindo a inverter. Hoje são os gajos os difíceis, são eles que dão cartas e se dão ás esquisitices e aos pormenores. São eles que ficam à espera de ser surpreendidos. São eles que fazem jogos, pedem tempos e ficam confusos. São eles que se enchem de paixão num dia para no outro afinal não ser nada.
E o pior é que nem precisam de ser bonitos para que se aceite estas atitudes. Ainda que fossem gajos ao jeito de um Clooney, de um Brad Pitt ou um Jay (se não gostar de mim, quem gostará?), vá lá, ainda se compreendia, mas é cada ave rara...
Meninas, o que é que se passa??? Há muito peixe no mar! Não se esqueçam do "Girlpower"! Atrás de um autocarro vem logo outro. Não se contentem com tremoços quando podem comer marisco! Vocês andam a contentar-se com refugo!
Eu não vou dizer que são todas, muito longe disso (nunca me ouvirão com essa conversa do blá, blá, blá, todas as mulheres são lindas. Não! Não há mais descarada mentira! Há mulheres photoshop, há mulheres lindas, há umas bonitas, outras medianas, há as feias, as horrendas e há gajas que valha-me Deus, para não dizer pior), mas a grande maioria das mulheres tem nas mãos as ferramentas para conquistar os maiores impérios amorosos. E não é isso que eu vejo, vejo-as aceitar umas terrinhas muito pobrezinhas onde nem a erva daninha se dá.

(os nomes que se seguem serão fictícios ou não)
Eliano, proprietário orgulhoso de uma camisa de flanela xadrês, calça e casaco de ganga clara e meia branca. Usa esta indumentária para ir trabalhar, ir à escola e para primeiros encontros. Eliano faz e desfaz de Marta, mulher bonita, bem constituída e jovem.
Miguel o aventureiro, quer namorar, desde que a namorada aceite ficar em segundo plano, pois Miguel  apesar de já não ser uma criança quer viver a vida e "hang-out with the boys"...
Maria, catraia de 25 anos tem que se "contentar" com um velho rançoso e a cheirar a catinga por exclusão de partes... Está farta de ficar só e não vê nada a mudar.
Zé, o bonzão que acha que a sua pilinha é feita em ouro e quer abraçar o céu com as pernas...
É com pesar que admito na qualidade de gajo que os gajos ou deram em paneleiros ou perderam as maneiras.
Aos que não chega uma mulher de cada vez, porque "gostam muito de mulheres", vou dar uma novidade. Não gostam. Vocês gostam de foder, que é completamente diferente. Calma, não desmaiem, podem admitir, não há nada de errado em gostar de foder. O que está errado é pensar que é por gostarem muito de mulheres. Nenhum fã de um grupo gosta só de uma música do CD. Da mesma forma, quem gosta muito, quem adora mulheres não gosta só de foder, gosta também de "usufruir" da mulher enquanto um todo, a sua feminilidade, a sua beleza, a sensualidade, o carisma, a sensibilidade, o olhar, o sorriso e tantas outras características únicas que definem uma mulher. Até o facto de não saberem trocar um pneu deve ser apreciado.
Não vou dizer o homem a sério, porque desses nunca conheci nenhum, mas o homem mínimamente aceitável (onde me incluo) está em extinção. Tal lince lá da serra de longe que eu sei lá, está para desaparecer. Vai-se finar, evaporar, acabar, foder-se!
E desculpem mas a culpa é toda vossa meninas, que facilitam, que não se fazem valer, não fazem uso da sensualidade que vos é natural para controlar a situação. Façam-nos perseguir (salvo seja), cortejar, apaparicar e trabalhar para vos ganhar.
No meu tempo era preciso fazer os trabalhos de casa, preparar o primeiro encontro com o pormenor de uma visita de estado, esbanjar em flores, um bom vinho, surpreender, deixar conduzir o nosso carro (esta é private joke), fazer-vos sentir donas do mundo, ou pelo menos tentar até cair.

Exijam, exijam e exijam. Exijam atenção, exijam uma imagem cuidada, exijam postura, exijam o melhor. Exijam nem mais nem menos do que o que tencionam oferecer. Exijam alguém do vosso campeonato! E retomem o vosso lugar, porque sinceramente, começo  ficar cansado de ver Pérolas penduradas no pescoço de porcos!

Este post não visa defender as mulheres. Não visa atacar os panascas e pseudo-machos, visa defender e lembrar que não há gajos perfeitos, mas que ainda há por aí alguns muito arranjadinhos!

11 comentários:

Anónimo disse...

Tás em grande Srº Jay, muito bem... Susana

Sofia disse...

Este post é um bocado chauvinista oh Jay, parece que as mulheres são o Elo mais fraco e cabe a vocês o papel principal da coisa, quando a meu ver não é bem assim; e além disso, a parte do "deixarem a menina conduzir o vosso carro" doeu..... vais levar poucas rafeiro, vais, vais!!!!! Em todo caso dou-te razão numa coisa.... já não há cavalheiros! Muito menos gajos em condições.... e não fiques já a babar porque és a excepção à regra...ok! até as excepções às vezes podem descambar...... ;D

Diana Monteiro disse...

O mundo realmente anda louco mesmo...é que uma pessoa já nem sabe por onde se virar...é cada uma...enfim...impensável há uns anitos atrás quando ainda sonhávamos com as histórias do principes encantados que vinham salvar as belas adormecidas lolol... mas, conversas à parte, o post tá forte...tá...que é isto??? grandes comparações...Brad Pitt, Clooney...Jay??? puxa... Fifi...Fifi...tás podendo...eheheh...que se lixe a condução do carro do homem...lol...
Ah!!! O que está em causa é mesmo o riscar da palavra "respeito" do dicionário (hum...talvez devido ao novo acordo ortográfico???...) Deixou-se de pensar com a cabeça dita inteligente para começar a pensar com outras coisas mais...lol...é o fim... ;D

Jay - O SRD disse...

@ Sofia: Concordo plenamente que uma mulher não é um vidrinho de cheiro que deva ser mantida numa redoma proctora. Mas entristece-me esta Era do "Mas pronto..."
- Ele tem outra... Mas pronto...
- Ele é trata-me mal... Mas pronto...
- Ele passa a vida no café com os amigos... Mas pronto...
- Ele não se lembrou do meu aniversário... Mas pronto!

Jay - O SRD disse...

Vê só: (caso real)
- E. 35 anos, enamora-se por M. 22 anos, não a conhece mas interpela-a e diz-lho. M. aceita um 1º encontro. E. apresenta-se neste sem qualquer cuidado estético, não pensou no encontro, não pensou num restaurante, um bar, nada, não se deu sequer ao trabalho de comprar uma flôr. Ainda aassim, M. não desanima. E. está cada vez mais apaixonado. Trocam sms e telefonemas. E. acaba com M. mesmo antes de ter começado. Motivo- M. tem uma filha e a mãe de E. não aprova a relação. M. continua disposta a aguardar uma decisão final de E, passam-se semanas mas E. nãso quer enfrentar a mãe.
Se uma mulher deve tolerar uma coisa destas e dar uma hipotese a este fulano, então sim, este post é assumidamente chauvinista. ;)

Jay - O SRD disse...

E para terminar, este post também poderia aplicar-se aos homens. Somente não foram visados pois feliz ou infelizmente, são mais racionais e menos emocionais, o que lhes permite recusar relações destas.

Sofia disse...

mas estás a falar dum caso de desespero total se nao, vê onde M. está neste momento.... com o P. please...... E numa coisa concordo contigo, muita da culpa do cavalheirismo ter acabado é nossa, que topamos a tudo, ou quase tudo, porque cada dia a oferta é menor.... até nisso vocês têm mais sorte.... gajas não faltam...e também por isso não se esforcem tanto! e não me trates por Sofia ok.... gosto mais de F. ;D

Jay - O SRD disse...

@Diana: A do Jay e a do carro são private joke :)
@F.: É um caso de desespero? Não é filho único e isso é que assusta...

paulo disse...

Sou o paulo de amarante gostava de conhecer mulheres

Jay - O SRD disse...

É justo... Eu mereço...

Nuno Feliz disse...

Cavalheiros ainda há...

Disponíveis é que também não!