quinta-feira, 24 de junho de 2010

The morning after is always a bitch!


É noite de churrascada, comes, bebes, falas alto. Comes, bebes demais segundo os padrões sociais, mas pouco de acordo com os teus, falas mais alto. Lanças um balão de S. João transgénico que quase te incendeia o prédio... Bebes mais um pouco. Comes sobremesa e tomas café, umas vodkas para ajudar a entender o sentido da vida, as Scut´s, a selecção e o porquê do cabrão do balão não ter subido e ter batido na persiana do vizinho... Se alguém o tiver convidado, trocas umas impressões com o Sr. Paiva... (querias) Mandas abaixo mais umas Minis que estão a estorvar no frigorífico! A sangria corre em cascata, ás vezes em cima da mesa, no chão e na roupa, o que até dá sorte. O cão apanha um naco de frango da churrasqueira e enquanto todos o tentam apanhar, o gajo come, não come, vão ficando pedacinhos de frango espalhados pelo chão. Espancas o cão. Fazes o tradicional exercício mental "eu sou um homem, não chamarei o Gregório jamais"... Nem sempre sais vencedor.
Deitas-te e acordas de manhã, boca seca, corpo dorido, ligeira pressão na zona frontal da cabeça, todos os indicadores de uma noite digna! Até aqui nada de novo.
Abres a janela da sala para deixar entrar um raio de sol que te dê uma esperança que esta sensação "lixa vs bigorna" seja passageira, quando a custo abres os olhos e os tentas ambientar à luz somente para constatar que o teu terraço parece o Iraque!!! Tens a merda toda por arrumar...

"The morning after is always a bitch!"

Eh pá, se houvesse uma pílula do dia seguinte para churrascos é que era... Churrascavas a noite toda à vontade, era de toda a maneira e feitio, Umas vezes por cima, outras por baixo, era caipirinhas, caipirões, caipiroscas e caías redondo. Ui que era um bacanal de entrecosto, picanha e vinhaça! No dia a seguir ao levantar, meio copo de Ice Tea, que a água nestas alturas é bebida non grata, o comprimido milagroso e "vapt vupt", não havia consequências! Isso é que eu gramava... Abrias a janela e estava tudo nos conformes...Terraço arrumado, churrasqueira lavada... E as garrafas no vidrão.

"Não faço mais churrascos!" Um pensamento recorrente que me acompanha há anos em cada manhã seguinte, não tivesse eu uma memória de peixe, com capacidade de armazenamento de dados de aproximadamente 3 segundos, e qualquer dia punha-o em prática!

4 comentários:

cambralenta disse...

Eh! Eh! Já vi que correu tudo bem!

Sofia disse...

Não percebo...queixaste, queixaste, queixaste...mas és sempre tu que enches a casa.... e até nem te queixes muito...tiveste o day after...já eu, note-se a aniversariante, tive o day in e o day after.... :D salvaram-se as prendas!!!!!!!

Lice disse...

Bom eu já há 5 meses que me deixei dessas andanças... Mas reconheci a descrição solenemente hehehe!!!! Opá para a próxima há que ter sempre um Guronsan á mão, por vezes resulta, nem que seja para quando terminares de beber, vir tudo para fora hehehe... Se bem que por aqui também se usa um comprimido maravilhoso, que não me recorda o nome, tenho de perguntar ao amigo Hugo, o sr. farmacêutico, mas tudo tem solução hehehe!!!!
O que conta é a festa ....
Beijokas

Jay - O SRD disse...

O problema não é a ressaca, por essa, há que ter respeito e carinho... São as arrumações que me matam...